Museu do Disco Av. Pres. Getúlio Vargas, 245 – Centro

Um dos maiores acervos que já vi; sem dúvidas o local em que mais comprei discos de uma só vez. Impossível não passar vontade dentro dessa loja repleta de raridades antigas, mas que também contém alguns itens novos. O Museu do Disco de Juiz de Fora é composto por dois salões (literalmente!) recheados de cheirosos discos esperando para serem desenterrados. Os preços são comuns: não ultrapassam o justo nem podem ser chamados de barganhas. O que torna esse estabelecimento tão especial para maiores compras, no entanto, é que os descontos podem ser incrivelmente interessantes se você negociar suas escolhas.

Ambulantes – Parque Halfeld, Av. Rio Branco.

Apesar de não se tratar de uma loja, pode-se esperar encontrá-los quase todos os dias por ali, inclusive aos finais de semana. Os vendedores ambulantes que montam suas exibições em meio à movimentada praça não dispensam boa conversa e bons negócios. Há a vantagem de que muitos deles não são muito conhecedores das raridades que têm em mãos, e por isso vendem barato. A desvantagem, é claro, é que as chances de encontrar algo que você realmente procura são um pouco reduzidas.

Anúncios